Atualizado 12/03/2018

Chapecoense vence Joinville e amplia liderança

Amaral fez o gol da vitória do Verdão do Oeste

Jogadores comemoram o gol da vitória verde e branca (Foto: Salmo Duarte / A Notícia)
Jogadores comemoram o gol da vitória verde e branca (Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

A Chapecoense se mantém firme na liderança do Campeonato Catarinense de 2018 ao bater o Joinville por 1 a 0, em partida válida pela 13ª rodada. O jogo aconteceu na noite deste sábado (10) na Arena Joinville e com o resultado, o Verdão do Oeste chegou a sua nona vitória na competição. De quebra, mantém a sequência de não levar gols do Tricolor desde 2013 - após um empate por 2 a 2 na Série B do Brasileiro. Agora, a Chapecoense lidera o Catarinense com 30 pontos, três acima do Figueirense.

 

Ao longo de 96 minutos, a bola chegou a balançar as redes por duas vezes, mas apenas uma delas foi considerada válida pela arbitragem. O primeiro gol saiu aos 22 minutos (1ºt), anotado por Grampola, do JEC, mas o lance foi mal anulado. O segundo, do volante Amaral, aos 46', garantiu a vitória da Chape.

 

Com este resultado, outro tabu envolvendo as duas equipes ainda se mantém: o Joinville não ganha em casa contra o Verdão desde 2012 (seis empates e quatro derrotas). O JEC também segue sem vencer em clássicos neste campeonato.

 

O melhor que fizemos

 

Gilson Kleina deixou a Arena Joinville feliz da vida na noite deste sábado. Contra os donos da casa, ele viu a Chape levar sustos na etapa inicial, mas buscar o gol nos acréscimos e voltar do intervalo com uma postura bem mais firme.

 

Em entrevista coletiva, o comandante do Verdão parabenizou a equipe e definiu o segundo tempo do duelo como o melhor já feito fora de casa.

 

“Criamos muito no segundo tempo. Conversei com eles no intervalo e perguntei se estavam em condições, senti que alguns não conseguiram recuperar do jogo de quarta. A equipe cresceu no jogo e, ao mesmo tempo, vejo que fizemos um grande segundo tempo, o melhor segundo tempo que fizemos fora de casa, tivemos um primeiro tempo perigoso, eles tiveram oportunidades pelos lados, são atacantes insinuantes. Foi um jogo que corremos um pouco de risco, mas os jogadores assimilaram bem o que conversamos e colocaram a bola no chão e mostraram uma supremacia que é importante, com respeito que temos com todo mundo. Foi uma vitória contra um clube que tem muita tradição”, disse Kleina.

Fonte: Clic RBS
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções